sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Reunião de Férias


Ateeeeençããããoo!!!

Depois, que não venham torrar minha paciência com caôs, de que tive "lapsos memoriais"!

Neste domingo (no turno da tarde, mais precisamente), haverá excepcionalmente (tomara!), uma reunião do grupo Quadrante Sul.
Será no Expert Studio, base de Marcelo "O Escondido (ou quase) " Tomazi, que fica no bairro Restinga (Porto Alegre-RS, dããã...).
Já confirmei minha presença.
Farei um relato.
Podem aguardar!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Fotos da Semana 10- Arquivos ANDF e Lançamento de Fanzine

Tem coisa velha, não antiga, gente boa! No caso da capa que inicia este texto, é de um fanzine de recortes e artigos de Aline Ebert (São Leopoldo-RS), com quem falei por carta, após anotar seu endereço mostrado na seção de cartas do zine QI (Quadrinhos Independentes), de Edgard Guimarães (Brasópolis-MG). E nos vimos, outro dia. Falarei sobre isso, ou melhor, mostrarei, mais adiante...

Versão inicial de Wolfgang, um personagem meu (cujo nome seria Jessé!). Usei ele no Nível 2 do Curso de Ilustração e HQ (Dinamo Studio). Talvez eu poste seu modelo visual, numa outra hora...


Personagens "furry", que seguiriam uma linha humorística, mas... O tempo passa, as ideias mudam... Digo a vocês que foi daqui o par de olhos que ilustrou a post De Quem É A Culpa? e que dois deles foram criados pelo meu irmão, Angelo. Adivinhem?
Quem acertar, ganha um exemplar (impresso ou virtual), a escolher do Visão ANDF e/ou Hq"Free"Express.
Alguém topa? Não acredito que pensei nesse absurdo! Me ferrei!! Ai, meu Deus... XD

O "recorte" acima foi copiado do blog http://www.ninaflores.net/fanzine, mostrando os espectadores e participantes da oficina Mutação na Feira (do Livro de Porto Alegre), no dia 5 de novembro de 2006. Vejam que o cara de moleton laranja, sou eu! XD


E agora, o lançamento de:

Nesta edição de aniversário, há críticas dos filmes Homem de Ferro 2 e Kick-Ass: Quebrando Tudo...
Um relato dos colunistas convidados Denilson dos Reis e Alex Doeppre (ambos da Tchê Produções) sobre a trajetória da revista gaúcha Quadrante Sul e seus criadores...
Um artigo de Leandro Beretta, a respeito da Liga Extraordinária (de Alan "Watchmen/ V de Vingança" Moore e Kevin "Lanterna Verde/Marshall Law" O´Neil)...
Um comentário sobre os especiais em (um só) DVD, Hulk VS (Thor e Wolverine) e por fim, a coluna O Que Eu Li, com um texto falando da Revista A3 Quadrinhos (de Minas Gerais).

Hq"Free"Express 08, fevereiro de 2011/ Preço: R$ 2,00 (contando despesas de envio)
Um fanzine do ANDFSTUDIO, de Alvorada-RS.
Criação e redação: Leandro Beretta Nunes (LBN) Anderson Marques Ferreira (ANDF)
Ilustração da capa: Hit-Girl (do filme Kick-Ass), por ANDF e Thor (detalhe), divulgação do DVD Hulk VS.
E-mails para contato: hqfree.express@yahoo.com.br e visaoandf@yahoo.com.br

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Lançamento e Sessão de Autógrafos na Capital Gaúcha


No próximo sábado, 19, a partir das 19 horas, os artistas do Dinamo Studio autografam seu novo trabalho: Retro City - Almanaque 1939.
Será na Livraria Cultura do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80 - Porto Alegre - RS). O evento é uma realização em conjunto do estúdio com a HQM Editora. Além disso, a sessão de autógrafos conta com apoio da Jambô Editora, da Canhotórium Arte Aplicada e da própria Livraria Cultura.
Apesar de ser ambientada nos Estados Unidos e seguir o consagrado estilo de quadrinhos (adventures) de super-heróis, Retro City é uma obra inteiramente concebida e produzida por artistas gaúchos.

Trama:
No final da década de 1930, quando os primeiros indícios da Segunda Guerra Mundial surgiam, um grupo de poderosos super-heróis se encontra pela primeira vez na grandiosa Retro City. É uma homenagem à Era de Ouro das histórias em quadrinhos.
Retro City - Almanaque 1939 traz em seu núcleo, heróis inspirados nos personagens clássicos da época. Realidade e ficção se cruzam nas aventuras de Homem-Atlante, Tao, Bela da Liberdade, Temporal, Tritão e Futura.

Autores:
Criação do quadrinista gaúcho Maurício Dias, cada capítulo do álbum foi produzido por artistas do Dinamo Studio, que traz talentos das mais variadas linhas de trabalho e estilos, reconhecidos por diversos trabalhos no Brasil e no exterior como Daniel HDR, Fernando Merlo, Newton Barbosa, Alcione da Silva, Rogério de Souza, Fernando Gil, Roberto Koya, Ursula Dorada e José Weingartner Junior.

Extras:
O álbum traz ainda o Guia de Retro City, com mapa e detalhes de cada bairro da cidade; prefácio do escritor, editor e pesquisador Roberto Guedes (A Era de Bronze dos Super-Heróis); e, a cada capítulo, uma página de O Emissário, o jornal de Retro City,
localizando o leitor sobre os acontecimentos que marcaram época na cidade e no mundo.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

2° Anima Heroes- Parte Final, Afinal!

Vou encerrar este artigo, de uma vez (vou tentar...), antes que o próximo evento aconteça.
A moça da foto, é uma Squitle-Girl (inspirada num dos Pokémons). Não a conheço pessoalmente! Ah-ham! (limpando a garganta)
Prosseguindo...
O primeiro dublador a aparecer foi Waldyr Sant´Anna (o Homer Simpson brazuca), dizendo: "D´oh! Não fui eu!", sendo aplaudido e tomado por risadas. Ele tava animado, malandro até, com a apresentadora.
É claro que contou a todos a respeito de sua trajetória, sendo esta a 3° vez que foi convidado pra um evento gaúcho (e foi a 3° vez que o vi). Falou que na época da novela Roque Santeiro (1985/86), além de integrar o elenco da mesma, veio passear (com alguns atores), jogar bola no Rio Grande do Sul e que gosta da hospitalidade (e paisagens) daqui.
Mas, o predomínio do assunto foi dos pedidos foi de frases do Homer Simpson. Exemplo? Um doido pediu pra ele cantar a música do Porco-Aranha (O Simpsons- O Filme). Mas, o quê?!
Waldyr pouco se lembrava dela, até porque não foi ele quem dublou o Homer na temporada mais recente e muito menos no filme, que teve a voz "tristonhamente, cretinamente, imitada" por um apresentador!! Tivemos conhecimento de uma gafe que dele, quando pretendia se encontrar com sua esposa em Porto Alegre. Foi assim:
O celular tocou e ao atender, Waldyr nem reparou direito no número e falou --"Alô, querida! Tô te esperando!", quando, do outro lado da linha, uma voz de idosa respondeu: "Quem é?" Aí, muitos riram.
"A gente combinou de se ver pra jantar!"-- Waldyr explicou. A voz rebateu um " Alôô?" e ao conferir o n°, vendo que não era da mesma operadora, exclamou: "D´oh!" e desligou ligeiro. Mais risos.
Lá pelas tantas, após exibirem trechos d´Os Simpsons, apareceu Carlos "o Seu Madruga" Seidl! Mais aplausos!!
Juntos, fizeram a encenação dos "presidenciáveis", com os textos a mão. A diferença estava na ausência do mediador Lasier (da RBS TV e Rádio Gaúcha, mencionado na 2° parte deste relato), substituído pela apresentadora.
Eu já escutei o tal debate imaginário, graças a um link (valeu, Beretta!). Quase saí de lá, mas... Pra evitar contratempos, permaneci.
Mais um encontro inacreditável! O que será que esses mutantes pretendiam fazer com ela (ou com seu pokémon)? Eheheh! =^_^= XD

Ei! Não saí do ar e nem da platéia! Waldyr despediu-se de todos. Carlos ficou pra responder perguntas, na maioria, ligadas a Chapolin/Chaves e Smallville, além de também nos contar de sua surpresa com a tamanha popularidade do personagem, cujo intérprete (Ramón Valdez) faleceu e nunca pôde falar pessoalmente. Carlos disse isso, por ter ganho de fãs, inúmeros presentes com estampas e frases "filosóficas" do pai da Chiquinha. Na época da extinta Maga (nos estúdios da TVS, início dos anos 1980), ele chegou a falar ao (finado) Marcelo "Chaves" Gastaldi, que achava aquele seriado "tosco", que seria um fracasso em nosso país, contrariando a "aposta" de Sílvio Santos. Pois, é... Né?

Entre os trechos exibidos no telão, teve um da conversa telefônica "viajandona" e lado a lado, entre Chapolin e o arquiteto Camin (feito por Valdez. Seria Caminha?), achando que falavam com o médico sumido do consultório onde estavam. Alguém lembra?
Foi frisado que, em seu ramo(trampo, como queiram), é realmente difícil lembrar-se de todas as frases de personagens e/ou atores relembrados por fãs, pelo simples fato de que muitos filmes, programas e seriados passarem quando quem dublou, está em estúdio.
Um rapaz perguntou a ele, sobre o que achava das diferenças vocais e críticas em cima de Smallville. Carlos respondeu que admira John Glover (Lionel Luthor), não sendo esta, a 1° vez que "emprestou" sua voz ao ator mencionado. Glover, antes do seriado, também fez o papel do Dr. Jason Woodrue (Batman & Robin-- uma nhaca podre que já vi!--, redublado pro SBT) e de Lúcifer (seriado de "vida curta", Brimstone). Ele nem esquenta com essas reclamações de quem detesta dublagem (coisa "antiga"...)
Teve alguém que indagou sobre o porquê de vozes diferentes, nos DVD´s de Chaves e Chapolin.
Achei "nada a ver", quando pediram pra ele gritar: "Morra, Seiya... Seu viadinho!" Dããã... Era a fala do Saga de Gêmeos (que Gilberto Baroli faz(ia))!! Mesmo assim, Carlos não se fez de rogado e falou a tal frase.

Quando a entrevista terminou, me dirigi à grade do salão, próxima do palco e junto com muita gente (claro!).
Ao ver uma fotógrafa por perto, pedi a ela que tirasse uma de mim com o dublador, após ele autografar o papal de alguém. Essa era "a minha chance"! Olha só!
O desenho dedicado ao Carlos foi presenteado, em seguida. Ele falou um admirado "Oh!" e me agradeceu com um forte aperto de mão. Abaixo, a versão "original":
A moça da câmera me falou que estava substituindo um colega e que a foto poderia sair escura. Mesmo assim, alcancei um cartão dos meus, a ela e pedi que me mandasse via e-mail.

Ei! Seria esse, o resultado da fusão SKY/NET ? E... o que o Cyrax do MK faz no fundo, bancando o "papagaio de pirata" (ou easter-egg)?

Voltei pra mesa dos fanzines, por onde andavam os autores (velhos conhecidos) Jader Corrêa e Matias Streb, que fazem a revista (pra mim, não é zine!) Alexandria, além da presença (nada fantasiosa) do fantasiado Sérgio "Lord Knight" Triesse. Também troquei exemplares com o Luís Aurélio, além de xaropear o Jader, com pedidos fotográficos.
O encouraçado (pra não dizer "enlatado") Lord Triesse e um sei-lá-quem, servindo de "outdoor humano" pra um velho mascote da Hanna-Barbera.

Um exibido e sua humilde pasta, cercado por cavaleiros Jedi (não! São das arábias, tanso velho!!) e um lord Sith, o "Fat" Maul.

Fiquem apreciando mais algumas fotos de blogs alheios.
Cristian "FallOut (Boy, não!)"Max, que já apareceu no Bom Dia, Rio Grande (RBSTVelho). Que pavor!

Misa Amane (do mangá que virou anime e filme, Death Note), a favorita de muitos!

O Anima Hero, que não parece um simulacro de PC...

Bonecos (action figures, moço...), pra alegria de crianças "barbadas" e babonas.

Hah! No anime dos Cavaleiros, a gente jamais assistiria a um embate decente entre Hilda de Polaris (Saga de Asgard, a de preto, pra quem não sabe) e Saori "Atena" Kido. Cadê o teu querido Pégaso nessa hora, sua "pati retardada" de branco?!
Kick-Ass, passando calor.

Querem mais? Acessem as páginas de onde copiei. Deixem de preguiça!
Estes foram minhas aquisições da mesa do Luís Aurélio: um zine autografado e...
...um pôster!

Denilson também levou um sketchbook, com a Sonja na contracapa (by HDR).
As vendas até que foram boas. A diversão, também. Certo... Não vendi muito, mas... em vista que anteriormente, não tinha lucrado p*3&@ nenhuma, rendeu. Márcio conseguiu o tal "broche" do evento (lá no topo, após a Squirtle Girl. Notou? Dãã...)

Matias, Denilson (com Rique, sem esquecer), Jader e eu nos despedimos do Sérgio e do pessoal, aproveitando que a chuva não era forte.
A viagem de retorno no "Tchêmóvel" foi calma, com debates a respeito da convenção.

Eeee... pronto! Agora, é só aguardar o próximo evento que, segundo chamada em rádio, pode ser em Porto Alegre, no mês de maio.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

De Quem É A Culpa?

AVISO: Este texto é um desabafo manifestande sobre fatos da vida real, contendo palavrões, com ou sem combinações obscenas e chulas. A quem for ler, peço a gentileza de tirar crianças de perto, pra mais tarde, não vierem reclamar na minha carcaça, insinuando que ensino piás a serem malvados com amigos (as) e/ou parentes.
...

Se alguém já estiver só ou com maiores de idade, já de cabeça feita, preparada... perfeito!
Agora já posso soltar os Cães-Hulk. Eheheh!
...

Outro dia, quando voltava pro serviço depois do almoço, no meio do caminho, vi uma mulher (não, um traveco zumbi! Dããã...) xingando o próprio filho. O que aquela puta falava enquanto dava (o cu? Não...) tapas no molequinho, ferveu o sangue! As palavras?
"SAI DO SOL! RECÉM TU COMEU, DESGRAÇADO QUE ATRASA MINHA VIDA!"
Se isso é um exemplo da tal "educação familiar"... putas que as pariu!!
Só pra constar que não banquei o espião abostado, mas, a bocuda é filha de um senhor que vendia churrasquinho e a tal casa fica a umas quadras de onde moro. E o marido daquela puta, então? (não me perguntem se ele faz programa, ou não!)
O mesmo senhor contou que o genro tava com o guri, assistindo um filme sangrento. Hah! Depois, querem bancar os moralistas de merda que acusam as emissoras ou outras mídias e/ou crianças de transformarem o próprio filho num transtornado, revoltado, putão... Ora, vamos! Agora vão continuar acusando os desenhos do Pica-Pau? Gentinha filha da puta!!
DE QUEM É A CULPA?

Dias depois, passei na frente daquela mesma casa. Onde tava o gurizinho? Na janela do quarto (de casal, possivelmente), agarrado na grade e gritando que nem macaco. Olhe pra ele, que me encarou e botou uma das mãos no saco, como se insinuasse: "AQUI PRA TI, Ó!"
Encarei, gesticulando com meu dedo indicador direito, sem apontar ou berrar, porque não sou um barraqueiro fodido. Eu quis dizer: " TE LIGA! OLHA O RESPEITO!"
Bostinha cuzão...
É foda mijada!
Não preciso nem pensar muito pra deduzir (sem "trocadaralhos"!) DE QUEM É A CULPA.

04/02/11, sexta-feira, Alvorada-RS: Mais um fim de semana chegava. Após dias de chuvas que nunca refrescavam, só trazendo mais calor do caralho, o céu praticamente desabou lá pelas 4 e tantas da tarde. Sério! Parecia que a cidade toda foi posta debaixo de uma cascata (catarata). Do jeito que a água caía, era de pavorar gauleses (quem já leu ou assistiu histórias do Astérix, já conhece) Desliguei o computador e o rádio do escritório, pra não queimarem com as idas e vindas de energia. Eu não tinha levado meu guarda-chuva... Esperei a chuva parar, com o Dr. Eduardo (colega do meu patrão), já que não adiantaria sair mesmo, com uma puta ventania daquelas, mais o "puta peso do aguaceiro".
Quando a chuvarada cessou e a luz ainda não havia retornado, saímos do prédio. Notei que o trânsito parecia o final da tarde, com tanto veículo na avenida. Vi que a Rua Justo (chamada de Rua do Lazer) ficou alagada pela metade. Puta merda!
Peguei (nada de trocadilhos fodidos!) outra rua, a Bandeirantes e... Mas que REBOSTEIO DO CÃO!
Da esquina, qualquer tanso podia ver que ficou tomada por uma água, mais pareciada com achocolatado! Os funcionários da barbearia local, ficaram ilhados. Uma moradora (acho...) do prédio em frente, varria a calçada pra se livrar da molhaceira.
Carros pareciam lanchas, motos eram que nem jet-skis. Sempre tinha um pau no cu, correndo na enchente, fazendo grandes "ondas laterias". Eu pensava: "Tem pressa de matar ou morrer, desgraçado?"
Saltei uma "correnteza" (exagerei?) rente a um meio fio, tomando impulso pra não pisar e ensopar meus tênis (e pés, dãããããã...) naquela água podre, perebenta, venenosa. Via mais veículo contornando rua inundadas pela metade. Credo! Era quase (versão brasileira... mais dããããã...) Rio de Janeiro ou São Paulo por aqui!! Ao mesmo tempo!!!
Em frente a uma agroveterinária, a bosta era ainda mais merdalhada: não podia atravessar. Num orelhão próximo, liguei pra minha mãe. Ela disse que a garagem e a casa dos donos (de onde moro de aluguel) ficaram tomadas. A do meu tio foi quase. A nossa, que fica no fundão do terreno, saiu dessa. Ótimo.
As 4 unidades do cartão usado na ligação, acabaram.
Minha mãe foi me encontrar em frente a loja perto da agroveterrinária e me falou pra esperar o nível baixar e o pessoal varrer o lamaçal. Outra bosta, era que a bateria do meu celular tava na unha, não tendo energia bastante pra filmar ou fotografar a zona que acontecia (sem putas).
Muita gente sempre, não interessa a situação, fala que tal vereador ou funcionário ignorou bocas de lobo (mau, lobo mau... dããã!) estreitas ou entupidas. SANTA MERDA!
Sempre falam que só o povão que paga impostos e cargas tributárias fodidas é responsável pelo resultado infernal dos temporais. Tudo bem que muitos(as) filhos(as) da puta larga(m) sofás e lixo nas ruas, como se tivessem um "cu cagado e entupido na porra do próprio crânio" e "merdas no lugar do cérebro", MAAAAAAAAAS...
O QUE CUSTA, UMAS PRAGAS INSTALAREM UMAS PORRAS DE GRADES E ALARGAREM OS PUTOS BOEIROS, MESMO QUE ESCORRA SÓ AREIAZINHA DE MERDA? PAUS NO CU!!!

E... A XAVASCA... DA CULPA... É... DE QUEM?!?

Respondo... DE TODO MUNDO, BOQUETEIROS (AS)!!!
...

Até a próxima, com uma postagem muito mais amigável. Prometo.

Nananana! Eheheh!